O que fazer quando as emoções tomam conta?

Corpos e mentes que sofrem
28 de março de 2020
Mulher Alada
28 de março de 2020
Mostrar tudo

O que fazer quando as emoções tomam conta?

Nós mulheres, temos uma tendência a assumir comportamentos baseados na emoção, e por isso, muitas vezes, estamos mais suscetíveis ao sofrimento.

Em determinados momentos, somos invadidas por um turbilhão de emoções, que causam desconforto e muita confusão mental.

Quando isso acontece, podemos nos sentir perdidas, confusas, solitárias e sem saber que atitude tomar.

Num primeiro momento, a dança é um excelente caminho para dar voz às emoções, já que algumas dores e angústias, são difíceis de serem expressadas por meio de palavras.

Algumas pessoas sentem um bloqueio muito forte para falar sobre suas emoções e sentimentos. A dança seria um caminho fácil e rápido para nos libertar de alguns pesos, pois traz um alívio imediato.

Porém, nem todas as pessoas gostam de dançar, neste caso, o alívio pode acontecer por meio de outra atividade esportiva ou artística que consiga extravasar a sobrecarga de emoções.

Mas atenção! Não basta apenas canalizar de maneira positiva as emoções, é preciso também construir pensamentos fortalecedores, que sejam capazes de evitar uma nova invasão de emoções negativas, que geram o desequilíbrio e a infelicidade.

Somente o autoconhecimento e a construção do pensamento equilibrado é que tem a capacidade de evitar que o acontecimento se repita e as emoções tomem conta novamente.

A forma de pensar e interpretar os fatos é fundamental para a nossa felicidade, pois têm a capacidade de alimentar o ciclo de pensamentos – emoções – sentimentos, e gerar resultados satisfatórios.

Sem um pensamento forte e positivo fica muito difícil atingir o equilíbrio e o sucesso nas áreas mais importantes das nossas vidas.

Renata Loyolla
Renata Loyolla
Renata Loyolla é bailarina e professora de danças árabes, há 20 anos e coach especializada em desenvolvimento feminino e autoestima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *